GEPAk e Ambulatório Ita Wegman (AIW)

Ambulatório Ita Wegman - Matias Barbosa - MG

       

História do Ambulatório Ita Wegman (AIW):
A necessidade da construção do ambulatório surgiu numa reunião do Grupo de Estudos e Práticas Antroposóficas - GepaK de Petrópolis, em setembro de 2007, onde fui ministrar uma palestra sobre Odontologia Integral Antroposófica, juntamente com o Dr Antonio Marques. Durante a reunião surgiu a idéia de difundir a antroposofia em Matias Barbosa, local onde se construiria o 1° Hospital Antroposófico da America do Sul. Como nós já atuamos com a Odontologia em Matias Barbosa, resolvi ceder uma parte do meu consultório para montar um ambulatório antroposófico. Era importante divulgar a Antroposofia para os pacientes que realmente buscam um tratamento diferenciado, humanizado e completo sob todos os aspectos: físicos, emocionais e individuais. Com este objetivo, complementei paralelamente ao consultório odontológico, o atendimento médico ambulatorial e futuramente abrangeria outras áreas de saúde.
O nome do Ambulatório foi escolhido em homenagem à precursora da Medicina Antroposófica, Ita Wegman, personalidade admirável, com grande capacidade de ação, que difundiu juntamente com Rudolf Steiner uma medicina espiritualizada.
Inauguração do ambulatório (AIW):
A inauguração do AIW ocorreu em 16/02/2008, dia em que foi fixada a pedra fundamental no futuro Hospital Antroposófico de Matias Barbosa.
Contamos com a presença da Dra Michaela Glockler, e Sra Ingrid (Suíça), os médicos antroposóficos: Dr. Antônio Marques (Juiz de Fora), Dra Maria Claudia Nabuco (Petrópolis), Dra Márcia Groeler (Angra dos Reis), Dra Nize (São Paulo) Dra Maria do Carmo Vale (Juiz de Fora), Dra Sonia Bastos (Juiz de Fora), Dra Maria do Carmo (Juiz de Fora), Dra Maria José (Barbacena), Dra Ana Maria (São Paulo), a fisiatra Monika Miller (Petrópolis), a terapeuta Viviane (Juiz de Fora), a psicóloga Ana Paula Verly (Juiz de Fora), enfermeira Neide (juiz de Fora), secretárias da Clinica Vivenda Santanna: Luceli, Cristiane. Além de vários amigos e parentes.
Objetivos:
A nossa função primordial foi ampliar os conhecimentos da área de saúde, respeitando a natureza humana, individualizando cada tratamento, preocupando-se com a prevenção e promovendo o equilíbrio na saúde dos pacientes. Preocupamos não só em tratá-los receitando com medicamentos naturais, mas o mais importante: olhar o paciente integralmente encaminhá-los, orientá-los às terapias necessárias, para finalmente buscar e atingir a tão esperada cura. Este é o nosso diferencial.
A odontologia passou a caminhar junto com a medicina e outras áreas afins como: psicologia, psicopedagogia, fonoaudiologia, fisioterapia, todas integradas à antroposofia. 
Funcionamento do AIW:
Em 2008 o ambulatório fez atendimento social, realizado por profissionais capacitados, dinâmicos e dedicados, as médicas e dentista da primeira turma do curso de pós-graduação de Medicina Antroposófica. 
Foram atendidos vários pacientes durante o ano, estes eram encaminhados para clinica geral, além das especialidades: pediatria (Dra Maria Claudia Nabuco), ginecologia (Dra Márcia Groeler), dermatologia (Dra Sônia Bastos).
Em 2009, a 2ª turma do curso de Medicina Antroposófica, fez o atendimento nos primeiros meses do ano, sendo transferidos posteriormente para o Hospital Antroposófico, que já se encontrava em construção.
No mesmo ano, iniciamos a 1ª turma do curso de Odontologia Integral Antroposófica, em parceria com o curso de Botucatu, ministrado pela Dra Célia Lulo Galitesi. 
Em 2010, o trabalho continuou sendo realizado nas escolas da cidade com palestras educativas e promoção da saúde.
Para o próximo ano, novos projetos estão programados juntamente com trabalhos do Hospital Antroposófico.
Agradecimentos:
Agradeço imensamente ao meu esposo, que foi o responsável pela idéia, pelo projeto e administração da construção do ambulatório, aos meus filhos que acompanharam, intensivamente nos 3 meses de obra e a minha mãe que acompanhou todos os meus passos.
Meus agradecimentos a todas as pessoas que contribuíram para esta realização: as doações feitas pela Dra Maria Claudia Nabuco, nossa amiga Paula Vianna, ao Dr. Marques, participante ativo do movimento antroposófico, presidente da Associação Antroposófica Estrada Real, aos medicamentos doados pela Weleda e ao Alexandre, da cirúrgica Santa Rita, que nos presenteou com um armário para estes medicamentos. Joaquim, na época era o prefeito de Matias pelo incentivo para a construção do primeiro hospital antroposófico do Brasil e ao Joaquim Perotta, vice-prefeito, que nos ajudaram com o transporte.
Obrigada a todos vocês que participaram direta e indiretamente, apoiando e torcendo para este momento. 
Vamos continuar nossa missão com força, dedicação, determinação e muita luz nos nossos caminhos.
                                                            http://odontologiaintegralleticia.blogspot.com


"O importante não é a perfeição com a qual conseguimos realizar o que deve provir da vontade, e sim o que tiver de surgir nesta vida, por mais imperfeito que venha parecer, seja feito uma vez para que haja um começo!" Rudolf Steiner.